domingo

O Jogo das Sete Peças -Trabalho desenvolvido pela professora Maria das Graças -Centro Estadual de Educação Especial Maria do Rosário - Barbacena, MG

1º Momento: Disposição das crianças em circulo.

2º Momento: Sensibilização: Conversa informal sobre a China, ”País do Dragão”, marcada pelos seus mitos e lendas.

3º Momento: A origem do Tangram
A origem do tangram não é precisa, mas há um consenso que tenha surgido na China, onde é conhecido por “Tábua das sete Sabedorias”. Existem várias versões sobre ele, mas a mais lúdica para se trabalhar na sala de aula é esta: ”Conta a lenda que um monge chinês pediu a um de seus discípulos a tarefa de percorrer o mundo e relatar as belezas que encontrasse, Ele ganhou do monge, para sua viagem, um quadrado de porcelana, um rolo de arroz, pincel e tintas. O discípulo se emocionou tanto que deixou cair no chão o quadrado de porcelana. O quadrado de porcelana rompeu-se em sete pedaços nos formatos de triângulos, quadrado e paralelogramo. Ao juntar os pedaços, o discípulo percebeu que erra possível formar infinitas figuras. Conclui, então, que tudo de belo e singular do mundo poderia ser reproduzido por uma figura desse jogo, que mais tarde passou a ser chamado de Tangram.

4º Momento: Se as crianças derem conta cada uma deve confeccionar seu próprio tangram ou distribua um riscado para ser cortado, deixa-las manipular livremente.

5º Momento: Quando já estiverem familiarizadas com as peças, conte outra história partindo da lenda acima.
Obs.Neste momento entregar também as figuras que podem ser formadas, para serem utilizadas como modelo ou colocar as peças por cima.
O discípulo saiu pelo mundo em busca das belezas... ele andou, andou e viu uma casa. Perto dela, havia um cachorro muito bonito e um gato malhado bem simpático. Ele continuou andando, chegou até um rio e logo decidiu atravessá-lo com ajuda de um barco... No rio havia lindos peixes coloridos... Nas margens do rio, árvores frondosas...
Enquanto citar os elementos da história as crianças devem construí-los com o tangran.

6º Momento: Agora é a vez dos alunos continuarem a contar a saga do discípulo, afinal ele vai conhecer as belezas do mundo.
Para finalizar fazer o registro em forma de texto com a participação da turma. Montar o texto na lousa ou em folha de papel pardo, revisar em conjunto.

7º momento: Agora chegou a hora do desafio, montar figuras de modalidades olímpicas com o Tangran.









3 comentários:

Karyne Noemy disse...

O trabalho com o Tangram é excelente para o desenvolvimento cognitivo, além de divertir e dasafiar de forma contagiante as crianças. Eu gosto muito! Parabéns Profª Maria do Rosário pelo trabalho criativo.

JANETE disse...

OI GENTE, VOCÊS MORAM LONGE EM? BEM SOU A PROFESSORA JANETE, TRABALHO NA SALA DE INFORMÁTICA NA APAE DE JOAÇABA.AMEI O TRABALHO QUE VOCÊS ESTÃO FAZENDO.PARABÉNS PROF. E ALUNOS.TAMBÉM MEUS ALUNOS TEM UM BLOG.http://umolharespecialsobreavidanaterra.blogspot.com. Abraços

Gorete disse...

Parabéns professora Maria das Graças e seus alunos pelo o trabalho desenvolvido.
Um forte abraço!